--- Prêmio Angelo Agostini ---

domingo, 4 de janeiro de 2015

Cinema de Alá


Com tantos remakes meio-bocas sendo produzidos,
bem que a "inteligentíssima" indústria cinematográfica
poderia atualizar essa maravilhosa obra prima,
afinal, Simbad e o Olho do Tigre (1977)
é disparado um dos maiores clássicos da Sessão
da Tarde nos anos 80, quando "De volta para o Futuro, Rambo e Os Gonnies nem sonhavam em existir.

Imagine só: um príncipe é amaldiçoado por uma bruxa e vira um babuíno, daí Simbad tem que rodar o mundo pra conseguir curá-lo. Mas a bruxa tá vivinha e disposta a tudo, inclusive a construir e comandar um minotauro mecânico assassino. Lá pras tantas, ela chega a se transformar em uma gaivota pra bisbilhotar o navio alheio, mas acaba ficando com um pé de pato devido ao cálculo errado de sua porção mágica. Fodástico!

Sem contar os esqueletos enfeitiçados saindo de dentro do fogo, a morsa gigante que ataca todo mundo no gelo, o homem das cavernas do elo perdido e (enfim!) o fenomenal tigre dentes de sabre. Que nada mais é do que a própria bruxa apostando suas últimas fichas.
Bicha disgramada!!

Enfim!Mesmo com a ingenuidade dos efeitos especiais aos olhos de hoje (atualmente eles são comparáveis ao seriado Chaves!!), Simbad e o Olho do Tigre tem um roteiro digno de nota e Bagdá inteira festejaria caso uma nova produção desse as caras.
Fica a dica.

Baixe o filme completo AQUI:

Nenhum comentário:

Postar um comentário