--- Prêmio Angelo Agostini ---

domingo, 6 de maio de 2018

MEGA QUADRINHOS DE HIP HOP!!

A convite do Raphael Fernandes fiz uma HQ de 20 páginas para
o livro NA QUEBRADA - cujo tema é a cultura HIP HOP. 

Comecei a ouvir RAP quando tinha 8 anos de idade, influenciado pelo meu irmão Paulo. Era 1986 e o gênero vivia sua mais formidável fase. A Era de Ouro do HIP HOP. Todos os dias era uma surpresa diferente. Seja através
dos grupos, das duplas ou de artistas solos (os rappers), era simplesmente incrível como cada nova música descoberta era um clássico. Pra mim, o nível
de criatividade gerado entre os anos de 1985 até 1989 nunca será superado 
na história do HIP HOP.

Minha HQ aborda justamente o final dessa era (também conhecida
como "School Rap") com direito a 100 EASTER EGGS mostrando 
detalhes, nomes de músicas, discos, músicos e curiosidades da época.

Uma verdadeira aula pra quem quiser conhecer o melhor do gênero.

Quanto ao roteiro em si, decidi focar em um personagem que é DJ e alcança
o estrelato da forma mais inusitada e... extraterrestre possível! OPS!

O Livro NA QUEBRADA será lançado pela editora DRACO ainda em 2018.
......................................................

Segue os Easter Eggs:































1) Tommy Boy é o nome de uma gravadora independente criada em 1981 por
Tom Silverman. Ela foi a gravadora que lançou Afrika Baambatta em 1982 com o álbum "Planet Rock".
2) Autógrafos reais de MCA, Mike D e And Rock, integrantes do Beastie Boys.
O quadro é a capa do disco "Licensed to Ill", lançado em 1986 e considerado um dos maiores da história do Hip Hop.
3) Logomarca e corrente com relógio do Public Enemy, considerada o primeiro grupo de rap protestante da história do HIP HOP. Esse último, é um ícone marcante da banda e do vocalista Flavor Flav.
4) Logomarca da banda Beastie Boys.
5) Tênis Adidas. O grupo Run DMC lançou uma música chamada "My Adidas" em 1986 e isso rendeu um contrato de 1,6 milhão de dólares com a marca.
6) Capa do disco Raising Hell, do Run DMC, lançado em 1986.
7) Bonequinhos do grupo Run DMC no estilo Funko Pop. Foram lançados em 2012.
8) Exemplar da revista em quadrinhos Family Tree. Ao todo são 4 volumes desenhados pelo cartunista Ed Piskor que documentam o nascimento e a era de ouro do HIP HOP entre os anos de 1970 e 1985.
9) Capa do CD "Deluxe Pizza Box Release" do trio Fat Boys. Em formato de caixa de pizza, foi lançado em 2012 como forma de resgatar o "disco 3" que estava fora de catálogo.
10) Cartaz do show que reuniu no Spectrum Stadium (Orlando - Califórnia)
os maiores nomes do HIP HOP em 1986. Esse evento é considerado como 
um dos maiores da história do gênero. A fantástica arte do designer
é copiada até hoje.
11) Capa do disco "The Album", da dupla Mantronix. Foi lançado em 1985.
12) Logomarca da banda Run DMC.
13) Capa do disco "BAD", do rapper LL Cool J. Foi lançado em 1986/1987.
14) Lata de sopa de tomate Campbells. Virou ícone da cultura HIP HOP quando, no final dos anos 1970, o grupo de artistas Fabulous 5 grafitou vários exemplares em todos os vagões de metrô de Nova York.
15) Capa do disco duplo "Anthology: The Sounds of Science", do Beastie Boys.
Foi lançado em 1999 e têm 43 faixas que retratam, até aquele ano, todas as fases da banda incluindo músicas instrumentais e projetos paralelos.

















16) Tênis M-2000. Uma febre por conta do Hip Hop. Foi lançado no Brasil em meados de 1980.
17)  Ao contrário do que muita gente pensa, a música " Rapper's Delight ",
do The Sugarhill Gang nunca foi o primeiro single de RAP lançado comercialmente. É que a música "King Tim III", do Fatback Band, foi lançado nada mais, nada menos, do que UMA SEMANA antes. Isso foi em outubro de 1979.
18) Grandmaster Flash é considerado o cara mais importante da história do HIP HOP!
— Em seus bailes (muitas vezes realizados em quadras de basquete nas comunidades), costumava entregar o microfone pros dançarinos na intenção de vê-los se "gladiando verbalmente". Isso criou a batalha de MC's. Entrentedimente que depois seria rebatizado de Rap.
— Se aprimorou no "scratching" (arte de fazer a agulha vibrar sobre o vinil em
sentido contrário pra criar sons inusitados). Esse feito mais tarde deu origem ao estilo conhecido como "música remix".
— Ainda na década de 1970, Mel e Cowboy, que eram integrantes do grupo "Grandmaster Flash & the 3 MCs" criaram os termos MC e HIP HOP.
— Em 2007 o grupo "Grandmaster Flash and the Furious Five" entrou no Hall da Fama do Rock and' Roll como o primeiro grupo de artistas do HIP HOP a ser homenageado.É mole ou quer mais?
19) 1979 é considerado o ano oficial do nascimento do HIP HOP.
20) "Destiny" é considerada uma das maiores músicas de rap feminino da história. Foi gravada pela cantora Bettina em 1988.
21) Kool Moe Dee é considerado um dos maiores rappers dos anos 1980
e primeiro rapper a fazer um show no Brasil. 16 de janeiro de 1988.
22) Trecho da música " Rapper's Delight ", do The Sugarhill Gang, que apesar
de não ser a primeira música da história do HIP HOP, contribuiu mais do que "King Tim III" (Fatback Band) para a popularização do gênero. 
Isso foi em 1979.
23) Assinatura do Mike D (Beastie Boys) na tabela de basquete.
24) Classic Funk é um dos termos mais usados em coletâneas de rap americano. Geralmente as gravadores lançam vários títulos com o mesmo nome.Ex. Classic Funk Volume 1, volume 2, volume 3 e assim por diante...
25) Uma tatuagem de microfone em alusão ao mesmo desenho que o rapper LL Cool J tem no braço.
26) "Breack Machine" é um trio de HIP HOP que ficou mundialmente conhecido
com a música "Street Dance". Isso foi em 1983/1984.
27) "DJ Inovator" é uma música da autoria de Chubb Rock. Foi lançada em 1988, porém ganhou uma versão nacional por Ndee Naldinho chamada "Lagartixa na Parede". Essa versão é considerada a música de rap nacional mais tocada nas rádios em todos os tempos.


















28) "Eletric King" ou "Eletric Kingdom" é considerada uma das primeiras 
músicas de rap com vocal totalmente robotizado. É da autoria de Twilight 
e foi lançada em 1983.
29) Trinere é a mais conceituada cantora de rap da história. Seu estilo de música (melódico e cheio de batidas eletrônicas) ficou popularmente conhecido no Brasil como "balanço".
30) Super Cat é um artista que estourou graças a música "Don Dada". 
Curiosamente essa é a única referência que está fora da linha do tempo da HQ. Já que a história se passa em 1989 enquanto que "Don Dada" só seria lançada em 1992. Ou seja, 3 anos mais tarde.
31) "Rock You Again" é uma música do grupo Whodini. Foi lançada em 1987.
32) Diamantes e coroas de reis são símbolos associados à cultura HIP HOP porque remetem a poder, fama, riqueza e status.
32) Capa da trilha sonora do filme Breakdance, lançado em 1984.
A faixa "carro-chefe" do disco é "Breakin'... There's No Stopping Us".
Um funk dançante e melódico com refrão altamente grudento. Autoria da dupla Ollie & Jerry e que imediatamente serviu de influência direta para que
vários artistas e bandas entrassem de cabeça na cultura HIP HOP. O ano era 1984.
34) Basf e Maxell são marcas de fita cassete (K7) - uma invenção criada pela empresa holandesa Philips em 1963. A fita K7 era uma caixinha de plástico de 10 cm x 7 cm com dois carreteis, uma fita magnética e o mecanismo de movimento que "milagrosamente" armazenava até 120 minutos de áudio. Qualquer fita K7 poderia ser gravada e desgravada quantas vezes fosse possível (algumas eram oficiais, lógico) e elas poderiam ser reproduzidas em diversos aparelhos de som como radiolas, toca-fitas de carros e micro-system.

















35) Embora tenha sido batizado no Brasil como "balanço", o nome
verdadeiro do estilo de música feito por Trinere se chama  Freestyle.
36) Man Parrish é um artista que ajudou a definir o estilo de musica Eletro-Funk. A música "Boogie Down Bronx" é considerada um clássico até hoje. Foi lançada em 1985.
37) Dj Joe Cooley é o artista responsável pela música "DJs and MCs" em parceria com Rodney O. Foi lançada em 1988.
38) "My Adidas" é uma música do trio Run Dmc
e faz parte do disco "Raising Hell", lançado em 1986.
39) Integrante do trio de rap feminino Salt 'n' Pape. "Push it", "Shoop" e 
"I Like it Like That" são algumas de suas canções.
40) Integrante do trio Run DMC.
41) Integrante do trio Beastie Boys.
42) Rick Rubin ajudou a popularizar o rap mundial ao lançar artistas como Beastie Boys, LL Cool J, Run DMC e Public Enemy. Def Jam Records, American Recordings e Columbia Records são algumas das produtoras que ele trabalhou.
43) Integrantes do trio Beastie Boys.
44) "The New Style" é uma música do Beastie Boys que faz parte do disco
Lisenced to Ill.
45) How to Rap (Como fazer Rap: A Arte e Ciência do Hip-Hop MC) é o nome de um dos mais importantes livros sobre cultura HIP HOP já lançados. Foi escrito por Paul Edwards e lançado em 1999. O obra é um compilado de 104 entrevistas com rappers consagrados, além de várias informações de artistas como Beastie Boys, Dr. Dre, Eminem e Snoop Dogg.

















45) Kool Herc é simplesmente considerado o pai do HIP HOP!
Apelido de Hércules devido a sua estrutura física e a sua postura, esse meio americano e meio jamaicano é ninguém menos do que criador do rap e dos termos b-boys e b-girls - apelidos carinhosos que ele dava pros dançarinos em suas festas. Porém, a maior proeza de Kool Herc foi criar em 1973 as primeiras bases da música HIP HOP. Tudo aconteceu após ele colocar duas cópias iguais do álbum "Sex Machine" do James Brown (1970) no toca-discos e brincar de fazer mixagens nas músicas "Give It Up ou Turnit Loose ". Pronto! 
O mundo nunca mais foi o mesmo!
46) Kurtis Blow é um dos mais respeitados rappers da história.
— O primeiro rapper comercialmente bem sucedido.
— O primeiro rapper a assinar com uma grande gravadora.
— O primeiro rapper a faturar disco de ouro. Foi em 1980 com o single "The Breaks".
— A música "Basketball" (1984) fez parte da Billboard Hot 100 e influenciou uma geração inteira de artistas, incluindo Fat Boys e Run DMC.

















46) O rapper Kool Moe Dee em pessoa.
47) Grand Wizzard Theodore é oficialmente o criador do "scratching".
Reza a lenda que, certo dia, Theodore escutava som alto no quarto quando sua mãe pediu pra baixar o volume. Ao tentar ignorá-la, Theodore começou a passar a mão levemente sobre o vinil. Esse gesto acabou criando diversos ruídos fantásticos, mas tarde aprimorados por ele mesmo e introduzidos em festas e afins. Um sucesso. Tanto é que o "scratching"
foi além da música HIP HOP. Artistas como John Zorn, Madonna, Bjork, 
Limp Bizkit, Alpha Blondy e Ratos de Porão, ao logo do tempo, já usaram "scratching" em suas obras.
48) "The Bristol Hotel" é uma música do rapper LL Cool J. Faz parte do disco BAD.
49) "Scream" é uma música do dupla Mantronix gravada em 1986. Porém, outra música de mesmo nome, da autoria do rapper ICE MC, se tornou bem mais popular e consagrada por conta das rádios. Foi lançada em 1990.
50) "Bassline" é mais uma música do Mantronix. Foi lançada em 1985.
51) "Crushin'" e "Wipeout" são músicas do Fat Boys lançadas em 1987. Essa última é uma regravação da banda de surf music Beach Boys.
52) "Do You Know What Time" é uma música do rapper Kool Moe Dee
lançada em 1986. No Brasil ela é conhecida como "Melô do Relógio".
53) "Crack Monster" é outra música do rapper Kool Moe Dee lançada em 1986.
54) "Needle to the Groove" é um clássico do Mantronix lançado em 1985. É
considerada uma das maiores músicas com refrão totalmente robotizado da história do rap.
55) Salt 'N' Pape, JJ Fad e MC Lyte foram as maiores artistas femininas do School Rap. MC Lyte, por exemplo, foi a primeira mulher a gravar um CD solo de HIP HOP e a primeira mulher a receber um disco de ouro cantando HIP HOP.
56) "Posse On Broadway" é uma música do grupo Sir Mix a Lot lançada em 1988. No Brasil ela é conhecida como "Melô da Macumba".
57) "Go Head" é uma música do grupo Freestyle lançada em 1989.
58) "Bleeding Heart" é uma música do grupo feminino Bardeux. Foi lançada em 1988. No Brasil ela é conhecida como "Melô da Princesinha".
59) Lil' Jazzy Jay & Cool Supreme é uma dupla de rappers que ficaram consagradas com a música "B-Boys Style". Foi lançada em 1985.
60) "No Sleep Till Brooklyn" é um dos maiores clássicos da história do HIP HOP. Foi gravado em 1986 pelo trio Beastie Boys e faz parte do disco "Licensed To Ill".
61) "Kanday" é uma música do rapper LL Cool J. Foi lançada em 1987.


















62) "Don't Stop The Rock" é uma música do grupo Freestyle lançada em 1989.
63) "Dumb Girl" é uma música do Run DMC e faz parte do disco Rainsing Hell.
Foi lançada em 1987. No Brasil é conhecida como "Melô do Dom".
64) "Big D" é uma música da dupla DJ KJ e MC Kolley C lançada em 1988.
Por ter um refrão robotizado que lembrava um pato com voz eletrônica ficou
conhecida no Brasil como "Melô do Patinho".
65) "Show Me" é uma música do trio The Cover Girls lançada em 1986.
Considerada por muitos como um dos maiores funks melodys de todos os tempos.
66) "A Fly Girl" é uma música do grupo The Boogie Boys lançada em 1985.
67) Shana é considerada uma das cantoras de funk melody mais consagradas da história.
68) "Jail House Rap" e "My Nuts" são músicas do trio Fat Boys e fazem parte
do disco "Crushin'" de 1987.
69) "Brass Monkey" é um clássico do Beastie Boys e faz parte do disco "Lisenced to Ill".
70) "Shake It" é um clássico do rapper MC Shy-D. Foi lançada em 1988.
71) Company B é um grupo de dance eletrônico que ficou consagrado no HIP HOP por conta da música "Fascinated" lançada em 1987.
72) Cartaz do show de HIP HOP no Memorial Coliseum Monday (LA). Foi realizado em 1987 pelos grupos Beastie Boys e Run DMC e é considerado até hoje como um dos mais importantes da história.
73) Joeski Love é o rapper responsável pelo clássico "Pee Wee's Dance". Uma música que, ao invés de refrão, consiste em um grudento som de teclado. Foi lançada em 1986.
74) Shavonne é autora da música "So Tell me, Tell me", considerada o maior clássico de funk melody da história. Foi lançada em 1989. No Brasil ficou conhecida como "Melô da Dengosa".
75) "Dazzy Dukes" é uma música do rapper Duice lançada como single em 1989. Essa música teve diversas versões, incluindo aquela que ficou conhecida
no Brasil como "Melô das Crianças".
76) "Get It Boy" é uma música extremamente nervosa do trio M-4SERS. Cheia de quebradas e repetições, serviu como influencia direta no surgimento do estilo que seria conhecido no Brasil como "montagem". Foi lançada em 1989.
77) The Dogs é um grupo de rap inusitado que usava bastante vozes de crianças e latidos de cachorros em suas músicas. Um dos seus maiores clássicos foi a música "Yo 'Mama's on Crack Rock" lançada em 1989.
78) Zé de Aurim é um personagem do cartunista Guabiras. Apensar de despojado e eclético, Zé de Aurim costuma aparecer em suas histórias como um grande fã de HIP HOP.



















79) Hanson & Davis é uma dupla de rappers que contribuíram tanto para
o funk freestyle quanto para o funk melody. Seu maior clássico se chama
"Hungry for Your Love" e foi lançado em 1986.
80) "Super Sonic" é o maior clássico do rap feminino na história do HIP HOP.
Foi gravado pelo JJ FAD em 1988.
81) "Yes Yes Yall" é um clássico do rapper MC Shy-D. Foi lançada em 1987.
82) "Go Cut Creator Go" é uma releitura do rapper LL Cool J para o clássico
"Johnny B. Goode" do lendário Chuck Berry. A versão ficou tão foda de um jeito que até hoje é considerada como uma das mais pesadas e poderosas na história do HIP HOP. Foi lançada em 1987 e faz parte do disco "BAD".


















83) O rapper ICE T em pessoa. ICE T é autor da música "COLORS" (1988),
que teve até filme de mesmo nome. Produtor e Empresário, o cara é um dos
mais consagrados colaboradores da história do HIP HOP mundial.
84) O rapper LL Cool J em pessoa.
85) "Electro Scratch" é um clássico do funk robotizado. Foi lançado em 1987 por Sir Mix a Lot.
86) "We Are The Champions" é um clássico da dupla Asher D & Daddy Freddy.
Foi lançado em 1989.
87) Def Jam Recording ou simplesmente Def Jam é considerada a mais consagrada produtora de HIP HOP da década de 1980. Foi criada em 1984 por Russell Simmons e Rick Rubin.
88) "Smurfs Beat" é a mais consagrada de todas as homenagens que o HIP HOP já fez para um personagem de desenho animado. São tantas as versões que no Brasil criaram uma numeração sequencial. Exemplo: "Melô do Smurf 1",  "Melô do Smurf 2", "Melô do Smurf 3"... e assim por diante.
89) Miami Bass é um estilo que mistura batidas eletrônicas com ritmos latinos.
O grupo 2 Live Crew foi o pioneiro ao lançar clássicos como "Banned In The U.S.A.", "Me so Horny" e "Dick Almighty". Duas coisas serviram como influência direta na criação do funk carioca. A primeira foi o famigerado clipe de "Informer" do rapper Snow, lançado em 1992. A outra foi a existência do Miami Bass.
90) O Rapper LL Cool J novamente. Desta vez passeando pela cidade com um micro-system tocando "I'm Bad", seu maior clássico.
91) Kurtis Mantronix e Kool Herc são os dois maiores DJs da história do HIP HOP. O primeiro fez parte da dupla Mantronix e lançou clássicos como "Simple Simon" e "Fresh Is the Word". O segundo é simplesmente o primeiro DJ da história.
92) YO MTV Raps foi um programa de HIP HOP da MTV americana e durou entre 1988 e 1995. A versão brasileira se chamava apenas YO! MTV e teve a sua estréia em 1990.
93) Jam Master Jay foi cérebro, mentor e DJ oficial do grupo Run DMC. Foi assassinado dentro de seu estúdio de gravação no dia 30 de outubro de 2002. Ele tinha 37 anos. 
94) The Boogie Boys, Mantronix e MC ADE são artistas consagrados do School Rap.
95) "Girl Talk" é uma música do trio The Boogie Boys. Foi lançada em 1985.
96) "Dance Transformers" é uma música do MC ADE em homenagem ao desenho animado Transformers. Foi lançada em 1987.


















97) "Planet Rock" é simplesmente o maior alicerce do movimento HIP HOP.
Lançada pelo grupo Afrika Bambaataa & the Soulsonic em 1982, essa música 
simplesmente misturava em apenas 6 minutos todos os estilos que se conectam direto ou indiretamente com o rap. Trance, tecno, break, dance, boate, electro, montagem, Freestyle... Cultuada até hoje com louvor, fúria e orgulho. Um triunfo em forma de canção. Um clássico dos clássicos. Rappers, DJs, dançarinos, donos de boate e músicos eletrônicos em geral. Todos devem sua vida ao "Planet Rock". 
98) O lendário Africa Bambaataa em pessoa. Considerado o músico mais importante da história do Rap. Também é conhecido como Deus do HIP HOP, Lenda do HIP HOP e Poderoso Chefão do HIP HOP. O artista costumava usar vários figurinos inusitados em suas apresentações. De imperador intergalático à faraó egípcio. Atualmente ele têm 61 anos.
99) Logomarca da Zulu Nation (ou Nação Zulu). Afrika Bambaataa criou a entidade na intenção de desviar garotos do crime pra fazer parte da cultura HIP HOP. Essa entidade ficou conhecida e cultuada em diversos cantos pelo mundo.
100) Soul Sonic Force era o nome oficial do grupo criado por Afrika Bambaataa e que serviu de influência para toda a árvore genealógica do HIP HOP.

Nenhum comentário:

Postar um comentário