--- Prêmio Angelo Agostini ---

sexta-feira, 4 de maio de 2018

Resenha Vingadores!!

GUERRA INFINITA É 7 A 1 PRO THANOS!!

Quase uma semana!  Esse foi o tempo que
tive que aguentar até ver Guerra Infinita
Meu Deus!  De 26 de abril até ontem 
(02/05) eu já tinha ouvido todos os SPOILERS
possíveis dos malditos colegas de trabalho... 
Mas calma! Spoiler nunca foi crime pra mim e
sim frescura (outra hora explico melhor). 
Então, vamos direto ao ponto. Tharãm! 
Passados 10 anos de linha do tempo
e cá entamos diante do MAIOR FILME DE
HERÓIS DE TODOS OS TEMPOS!!!
Sim, meus amigos! Os reinados de 
Watchmen e Cavaleiro das Trevas já eram.

Quem manda nesta porra agora é o Thanos, caralho!
Não Queriam um vilão extremamente foda? 
Não queriam CGI de responsa? Não queriam uma
invasão alienígena do caralho? Então toma! Toma crueldade, cautela, frieza, porrada
em cima de porrada em um filmaço de duas horas e meia que passam tãããão rápidos que, desesperadamente, você fica querendo mais, mais e mais... 
{Respira} O que é aquilo, meu Deus do Céu? 

A última vez que sai traumatizado da porra de um cinema foi em 1993 com Jurassic Park. Mas daí eu era um moleque de 14 anos que, naquela época, voltava da escola 11 e meia da noite pelas benditas ruas do Jardim das Oliveiras. 
Passei semanas achando que algum velociraptor sairia dos matos pra me devorar... 

Agora não! Beirando meus 40 anos, sai da sessão, entrei no banheiro, deixei o shopping e peguei o ônibus achando que -- caralho --- iria desmanchar que nem a metade do Universo dizimada pelo Thanos. Meus dedos suavam entre as mãos... Eu falava: "Caralho.. eles acertaram, eles se superaram, eles consertaram tudo... Thanos: O maior vilão de filmes de super heróis de todos os tempos!!!" A cópia perfeita de manipulação, carisma e brutalidade. Tão bruto que o Hulk passa o resto do filme com medo de se transformar só pra não levar outro sacode. KKK... Stark, Dr. Estranho, Homem-Aranha, Thor, Todos os Guardiões, Falcão, Visão, Feiticeira, Cap. América (que leva um senhor murro nas fuça)... não importa o tamanho da fila. Thanos sai quebrando todo mundo até os 47 minutos do pós crédito. Taí o grande diferencial dessa primeira parte. Primeiro o vilão arrebenta. Depois é que a revanche aparece... Tete a tete. É a lógica, é o básico, é o óbvio... 
E sim, o desgraçado consegue reunir todas as jóias do infinito, mesmo que pra isso ele também perca lacaios, puxa-sacos e os poucos entes queridos (hum!) no decorrer da empreitada. E é cada empreitada e susto que por diversas vezes você falará "Mas que filho da puta..." no decorrer da trama. Aliás, A única jóia que não aparece sendo pega por ele é a do Poder, aquela que estava sob a guarda da Tropa NOVA. 
Não! Thanos começa o filme dentro da nave do Thor já com ela enfiada na manopla . Bom, minha teoria é a de que essa cena venha a aparecer como flashback (ou não) dentro do filme da Capitã Marvel, já que a Capitã Marvel  será uma importante peça na segunda parte. Pois é. Ela não aparece em Guerra Infinita, assim como Homem-Formiga e Gavião Arqueiro. E nem o Surfista Prateado... Então, depois que Thanos se apresenta dignamente bem na nave do Thor, com direito a um nocaute no Hulk (e muitas outras surpresas), o gigante verde escapa (por um triz) e chega à Terra pra avisar os demais. Quanto a jóia da alma, tcharãm, todas as teorias da Internet estão furadas!!! Inclusive a minha que apontava pro Tony Stark... 
Não! A joia da Alma é um dos maiores ápices do filme e, por lei, ela faz parte de uma cena que só vendo pra crer. Detalhe: Lembram do Caveira Vermelha, aquele vilão do primeiro Cap. América que sumiu sem deixar explicações? Se em 10 anos de filmes da MCU ele era o furo de roteiro nº 1, agora não é mais. A partir daí, sobram a jóia da Realidade (com o Colecionador) e as jóias da Mente e Tempo (com Visão e Dr. Estranho). Falando em Dr. Estranho, só pra você ter uma ideia, o Mago Supremo avança no futuro pra descobrir quantas possibilidades existem pra vencer o Thanos. Em meio à mais de 14 milhões de tentativas, apenas UMA, eu falei uma, pode parar o cara. SÓ QUE... se o que realmente rolou no decorrer da história foi combinado ou não, é impossivelmente complicado de deduzir, pois acabam morrendo fulano, sicrano, beltrano, juliano, floriciano e Auleriano... Tudo consequência direta da goleada de 7 a 1 do Thanos. Detalhe: Uma linda goleada sem piedade, FIFA, CBF, ajuda do juiz, virada de mesa e "por favor, pega leve". 

Não! Não existe "pega leve" nessa primeira parte de Guerra Infinita. Apenas equipes desmanteladas, choques emocionais e muitas visões concretizadas... {respira}.
Guerra Infinita, resumidamente,é uma obra prima feita com glamour (onde já se viu dezenas de personagens em um mesmo filme tendo seus momentos e falas perfeitos?). Um filme pra ver mais de uma vez (já vou amanhã de novo - 05/05) e um prêmio em forma de orgulho para a MCU. O de melhor filme de heróis de todos os tempos. Ponto final.

Confesso! Eu vi apenas uma única falha em Guerra Infinita.  É que, assim que o Thanos estralou seus dedos, a lógica das lógicas seria acabar com metade da vida do universo, e SIM! Isso inclui as plantas e árvores, né?. Então quando a galera está sentindo os efeitos da vitória do Thanos nenhuma outra forma de vida morre também, como as plantas e as árvores africanas. Apenas o Groot que é uma planta e... e... OPS!

E agora? Agora só me resta esperar um ano (a segunda parte é em 2019) pra descobrir como o fio de esperança mostrado nos mesmos 47 minutos do segundo tempo (pós crédito) resolverá todas essas peleja. Ou não...

Haja ansiedade...

Um comentário:

  1. Realmente, haja fôlego! Uma experiência inovadora e única no universo dos heróis ( não importa o estúdio ou universo que ele pertença)... esse filme já é um clássico e mostrou maturidade e muita ousadia da Marvel...sensa sensacional

    ResponderExcluir